Farmácia

Biologia

Farmacotécnica

Química

Biofísica

Bactérias


Microbiologia é a ciência que estuda os seres vivos microscópicos.


* Células eucariontes - Têm esteroides
(são compostos lipossolúveis, lipídios de cadeia complexa onde a principal substância é o colesterol que faz parte da membrana celular e é um reagente na biossíntese de vários hormônios, sais biliares e vitamina D) na membrana; nos animais o colesterol, nos fungos o ergosterol.

Principal característica, possuem núcleo organizado e delimitado por um envoltório chamado de carioteca.

Possuem também organelas celulares como:

Ribossomos ficam no retículo endoplasmático rugoso, é formado de proteína mais RNA e tem a função de síntese de proteínas.
O complexo de Golgi tem função de síntese, armazenamento e transporte de substâncias (glicose).
Mitocôndria tem a função de síntese de ATP.




* Células procariontes - Não têm esteroides. Não têm carioteca, envoltório nuclear, separando o material genético do citoplasma.

Bactérias são seres unicelulares e procariontes, do reino Monera.

(Os integrantes do reino monera são as bactérias e cianobactérias, único reino de seres procariontes).



A neomicina, a tetraciclina e eritromicina inibem a síntese de proteínas das bactérias, pois inibem o ribossomo 70s (que é o presente nas bactérias, diferente dos nossos ribossomos humanos que são 80s).
Esses ribossomos fazem a partir da fita de RNA, a peptidil transferase, que é a atividade responsável pela síntese de ligações peptídicas entre aminoácidos, formando proteínas.


Os lactobacilos (bacilos de Doderlein) são responsáveis por produzir o ácido que mantém baixo o pH da vagina de uma mulher adulta. A mudança do pH é um dos principais fatores para o desenvolvimento de infecções vaginais. A maioria das bactérias cresce melhor dentro de variações de pH próximas da neutralidade (pH 6,5 - 7,5). Sendo classificadas como neutrófilas.

Mesófilas são bactérias que têm seu melhor desenvolvimento e crescimento entre temperaturas 25 - 40 graus Celsius (maioria dos microrganismos que degradam alimento e são patogênicos).

*Parede celular:
- Vegetais possuem e é formada por celulose
- Algas também formada por celulose
- Fungos também possuem formada por quitina

Em células procariontes;
- Bactérias possuem parede celular formada por peptidoglicano.

Função: Determina a forma da bactéria e protege contra a lise osmótica.
A penicilina, cefalosporina e vancomicina inibem a síntese de peptidoglicano.

Bactérias Gram positiva

Pelo métodos de coloração de Gram, bactérias gram positivas ficam coloridas de azul. Elas possuem várias camadas de parede celular (de peptidoglicano) e fimbrias com a função de adesão na mucosa. Liberam ácido teicóico que é responsável pelas reações antigenas durante uma infecção por bactérias gram-positivas.

Bactérias Gram negativa

Ficam de coloração vermelha, possuem parede celular fina com uma única camada de peptidoglicano e uma camada externa.

LPS (Lipopolissacarídeos):
Endotoxina que se projeta para fora da membrana, antígeno (reconhecido pelo sistema imunológico) que causa febre, coagulação intravascular disseminada, choque séptico (falência circulatória, causada por hipotensão arterial), pirose (azia).
O LPS estimula os macrófagos a secretarem as citocinas que agem no hipotálamo, estimulando-o a produzir prostaglandina que reajusta o "termostato" hipotalâmico a uma temperatura mais elevada, causando febre. A temperatura elevada é um fator que dificulta a vida de certas bactérias.
O LPS é liberado abundantemente quando a bactéria morre e a parede se rompe.

Exotoxinas: São proteínas produzidas e secretadas por bactérias como parte de seu crescimento e metabolismo.
Exemplos de exotoxinas:
- Como a leucocidina que provoca a lise de leucócitos, causando pus. Agente etiológico produtor:
staphylococcus aureus. É uma das formas do surgimento de pus. Pode surgir também pela degradação de macrófagos através de suas próprias enzimas líticas liberadas.
- Estreptolisina causa lise de hemácias, hemólise. Agente etiológico:
Streptococcus Pyogenes.
- Enterotoxina causa diarreia. Agente etiológico:
vibrio cholerae.

Espaço periplasmático: É preenchido por um líquido chamado periplasma que fica entre peptidoglicano e membrana externa e interna. Nesse líquido há enzimas que conferem resistência à antibióticos.

Lisozima: Enzima que digere a parede de peptidoglicano, levando a bactéria a morte por lise osmótica. Enzima encontrada na lágrima, saliva, suor, etc.

Ágar MacConkey: Contém sais biliares (danifica a membrana plasmática) e cristal violeta (inibe a síntese de peptidoglicano em uma etapa citoplasmática) afetam a parede celular das bactérias gram positivas, então só sobrevive nessa semeadura bactérias gram negativas.

Gram negativa possui maior resistência contra agentes químicos e Gram positiva possui maior resistência contra pressão osmótica.



Atriquia, não possui flagelo.
Monotriquia um flagelo
Anfitriquia, dois flagelos, um de cada lado
Lofotriquia vários flagelos no mesmo lugar
Peritriquia vários flagelos ao redor da bactéria
Anfilofotriquia, vários flagelos, de um lado e do outro da bactéria.

Glicocálice: Estrutura polissacarídica, ligado fortemente a parede, forma uma cápsula que confere a bactéria maior adesão, escape da fagocitose (macrófagos) e previne a dissecação.

Nucleoide: Bactérias apresentam um cromossomo circular constituído por uma única molécula de DNA (dupla fita helicoidal), não delimitado por membrana nuclear, carioteca. Esse cromossomo contém todas as informações necessárias ao crescimento bacteriano.

Plasmídio: Algumas bactérias possuem moléculas menores de DNA, cujo os genes não codificam características essenciais, porém muitas vezes dão vantagens seletivas as bactérias que os possuem. São independentes da replicação cromossômica e podem existir em diversas quantidades no citoplasma bacteriano.

Do DNA, ocorre a transcrição de um gene e depois a tradução feita pelos ribossomos para uma proteína.


Morfologia



Arranjo (agrupamento):



Catabolismos da glicose/ quebra, para a obtenção de energia.


Esporos: São exclusivos de bactérias do gênero Bacillus e Clostridium. Esporos possuem parede celular espessa e são altamente resistentes a agentes físicos como radiação, dessecação e aquecimento. Uma bactéria pode originar um esporo quando o ambiente deixa de estar favorável ao seu desenvolvimento (falta de nutrientes, de O2, mudança de temperatura) e dele ela pode voltar a ser bactéria quando o ambiente voltar a ficar favorável, por um processo de água que entra no esporo e enzimas que são então ativadas. Eles representam uma forma de sobrevivência e não de reprodução.

Fisiologia bacteriana:
- Crescimento - multiplicação/reprodução assexuada (ocorre a duplicação do DNA e uma posterior divisão em duas células, processo que dura mais ou menos 20 minutos em condições favoráveis) ou sexuada (para bactérias considera-se que é qualquer processo de transferência de fragmento de DNA de uma célula para dentro da outra). Que pode ser pelos processos de:
*Transformação que a bactéria absorve pedaços de DNA dispersos no meio, muitas vezes provenientes de bactérias mortas.
*Conjugação ou *Transdução
;
- Nutrição;
- Metabolismo.

Fatores necessários para o crescimento: água, espaço (local de adesão), nutrientes, temperatura, pH, pressão osmótica.

*Conjugação

É a transferência de plasmídios entre bactérias através de fímbrias sexuais. Não precisam ser da mesma espécie. Plasmídios F são capazes de auto-transferência. A bactéria doadora considerada "macho" e a receptora "fêmea".

*Transdução

É a transferência de DNA entre bactérias mediadas por um vírus bacteriófago.

Ciclo Lítico

É usado por vírus para sua reprodução, onde eles inserem o seu DNA dentro de uma célula. E ao mesmo tempo que esse ácido nucleico do vírus (DNA e RNA) é replicado, também controlam a produção de proteínas que vão compor os capsídeos que ficarão ao redor do material genético criando novos bacteriófagos, que são liberados quando a célula rompe (ocorre a lise).

Ciclo Lisogênico

Outro processo usado por vírus para a reprodução, onde o DNA do vírus inserido torna-se parte do DNA da célula infectada.




2 comentários:

mary rocha disse...

nossa muito bom,valeuuu ...

Eryka Escorcio disse...

Excelente ! :D

Postar um comentário